Consultas e informações

Central de
atendimento:
(71) 3082-3611

Estimulação Cognitiva

Nomeado de ATIVAMENTE, o Programa de Estimulação Cognitiva da Holiste dedica-se a melhorar o desempenho cognitivo do indivíduo, facilitando a realização de atividades do seu dia-a-dia, o gerenciamento de sua saúde e potencializando a qualidade de vida dos seus participantes.

O programa é voltado principalmente para idosos, mas é indicado, também, para pessoas que apresentam declínio em suas funções cognitivas.

“A estimulação cognitiva atua diretamente nos mecanismos ligados à plasticidade cerebral (processo adaptativo do cérebro). Nas sessões, utilizamos exercícios e atividades terapêuticas que buscam preservar ou melhorar o desempenho de domínios como: memória, atenção, raciocínio, funções executivas, entre outros”.

Michelle Campos, Coordenadora do Programa de Estimulação Cognitiva da Holiste

 

REABILITAÇÃO E ESTIMULAÇÃO COGNITIVA

A qualidade de vida e a autonomia do sujeito estão diretamente ligadas ao bom funcionamento de suas habilidades cognitivas, as quais devem ser estimuladas durante toda a vida, com o intuito de prevenir possíveis perdas significativas:

  • Memória (capacidade de reter e evocar informações)
  • Linguagem (capacidade de manipular símbolos na produção e compreensão da comunicação)
  • Atenção (capacidade de selecionar e priorizar informações)
  • Praxias (capacidade de executar movimentos)
  • Gnosias (capacidades perceptivas)
  • Funções executivas (capacidade de planejar, iniciar, controlar e desempenhar comportamento dirigidos a um objetivo).

Além do envelhecimento, algumas doenças clínicas, transtornos mentais e outros eventos traumáticos podem provocar alterações consideráveis nas funções cerebrais, ocasionando o que chamamos de declínio cognitivo.

A sistematização e aplicação de técnicas específicas estimulam a cognição, promovem a saúde do paciente, bem como contribuem para sua autonomia e restabelecimento de seus laços sociais.

 

ENVELHECIMENTO E COGNIÇÃO

O envelhecimento é um processo natural que traz inúmeras consequências, afetando diretamente a qualidade de vida, a manutenção da capacidade funcional, a motivação e a autoestima da pessoa. Nesse contexto, a Estimulação Cognitiva é uma importante ferramenta de cuidado na terceira idade.

O envelhecimento pode desencadear alterações na memória, atenção e raciocínio, dificultando que o idoso gerencie sua própria vida, em especial nas tarefas que demandam atenção, coordenação, rapidez ou precisão.

Estudos mostram que o declínio cognitivo, nesse público, pode ser desacelerado, compensado e prevenido.

SAIBA MAIS SOBRE O NÚCLEO DA TERCEIRA IDADE DA HOLISTE E ESTIMULAÇÃO COGNITIVA NO TRATAMENTO DO IDOSO

 

TRANSTORNOS MENTAIS E PERDA COGNITIVA

Alguns transtornos mentais podem interferir diretamente a capacidade intelectual do indivíduo.  Não é incomum que pacientes com esquizofrenia, transtorno bipolar ou depressão, apresentem dificuldade de concentração, leitura, escrita, orientação de tempo e espaço ou perda de memória.

Em alguns casos, os problemas cognitivos podem contribuir para agravar o quadro psiquiátrico, ou podem permanecer evidentes mesmo quando os outros sintomas estão controlados.

“O transtorno mental não afeta todas as pessoas da mesma maneira. Porém, percebemos que a manutenção da memória, fala, raciocínio e atenção contribuem para o controle das crises e adesão ao tratamento psiquiátrico.  Terapias psicocomportamentais, como a Estimulação Cognitiva, são grandes aliadas do tratamento medicamentoso e da neuroestimulação”.

Dr. André Gordilho, psiquiatra

 

Alguns exemplos de perdas cognitivas percebidas em pacientes com transtornos mentais:

  • Dificuldade em manter atenção;
  • Dificuldade em processar, recordar, e responder informação;
  • Dificuldade em pensar de forma crítica, planejar, organizar e resolver problemas;
  • Dificuldade para iniciar um discurso.

 

ESTRUTURA DO PROGRAMA

O programa Ativamente é modelado de forma personalizada, adequando-se às necessidades de cada paciente.

  1. Inicialmente, a demanda do paciente é analisada através de testes de avaliação variados, entrevistas com o paciente e sua família;
  2. Na segunda etapa, construímos um planejamento individual, com estratégias e intervenções orientadas pelas metas e objetivos a serem alcançados;
  3. Os exercícios são subdivididos de acordo com as áreas a serem trabalhadas, sendo aplicados e supervisionados por profissionais especializados;
  4. O programa tem duração mínima de quatro meses (sessões de duas a três vezes por semana, dependendo do caso, com duração de uma hora cada);
  5. Ao final de cada ciclo, realizamos uma reavaliação do paciente e a análise dos resultados alcançados; caso necessário, será feito um replanejamento e redirecionamento do paciente no programa.

O programa é realizado em nível ambulatorial, domiciliar ou durante a internação psiquiátrica na Holiste. 

 

EQUIPE MULTIDISCIPLINAR

O Programa Ativamente possui uma equipe multidisciplinar especializada em Saúde Mental, o que permite uma abordagem mais ampla, tendo como referência as necessidades do paciente. A equipe é formada por:

 

Inscreva-se para receber conteúdo sobre Psiquiatria e Saúde Mental

Cadastrar