Blog / Jornada de Saúde Mental

Corpo, singularidade e construção de laços sociais – vídeo

Jornada de Saúde Mental 08/01/2019

“Impasses do corpo e laço social possível” foi o tema da palestra do psicólogo Marcelo Magnelli, durante a Jornada de Saúde Mental.

O especialista destacou aspectos particulares sobre o entendimento de cada um em relação ao próprio corpo, e como isso impacta em sua saúde mental, na forma como as pessoas constroem seus laços em sociedade.

O corpo fala a partir de sintomas. O uso que fazemos do corpo depende diretamente da fantasia de cada um, e esta é construída e vivida de modo sempre singular. As cenas que marcam nossas vidas são experimentadas particularmente. Por exemplo: uma criança abandonada no meio da rua marca a vida de muitas pessoas, mas afeta cada uma delas de formas distintas. Nos dias atuais, observamos uma falência das garantias – Deus, família, pai – como modo de sustentar o laço social, não há mais verdades imutáveis e precisamos aprender a lidar com a inquietante estranheza que nos acerca”, sublinhou o psicólogo.

 

Assista à palestra completa

 

Do individual para o coletivo

Através da proposta de abordagem do Holiste Dia, Marcelo explicou de que forma se busca trabalhar o restabelecimento do laço social a partir da subjetividade do paciente, observando que esse é um lugar onde se acolhe o sujeito em sua singularidade, dando continuidade a um tratamento que, geralmente, se inicia na internação.

“Os grupos de fala acompanham a principal função do Hospital Dia, que é promover o restabelecimento dos laços sociais possíveis. Para isso, é importante auxiliar cada paciente a conseguir lidar com esse ponto enigmático que localizamos em cada um de nós, de modo a conseguir enlaçar família, amigos, vizinhos, colegas de trabalho, propiciando uma continuidade do que está dentro e fora da instituição”, completou o psicólogo.

 

Jornada de Saúde Mental

Com o tema “Abordagens Terapêuticas no tratamento dos Transtornos Mentais”, a Jornada de Saúde Mental, promovida pela Holiste, ocorreu em outubro, em Salvador, e abordou questões relacionadas ao trabalho multidisciplinar no tratamento em Saúde Mental.

O evento contou com a intensa participação de profissionais e estudantes da área que, durante dois dias, debateram sobre psicologia, psicanalise, psicopedagogia, terapia ocupacional, nutrição e acompanhante terapêutico no tratamento dos transtornos mentais.

Comentários

Inscreva-se para receber conteúdo sobre Psiquiatria e Saúde Mental

Cadastrar