Blog / Centro de Estudos Holiste

Felicidade, Tristeza e Sofrimento | Vídeo do Ciclo de Palestras Holiste

Centro de Estudos Holiste 09/03/2017

O psicanalista Jorge Forbes e o psiquiatra André Gordilho foram os convidados da 4º edição do Ciclo de Palestras Holiste realizado em janeiro/2017.

Os palestrantes falaram sobre os dilemas da felicidade, da tristeza e todas as angústias em torno desses sentimentos, para uma grande plateia composta por profissionais da saúde mental e estudantes, além de pessoas de diversas áreas interessadas nos temas apresentados.

André Gordilho realizou a palestra, TRISTEZA E DEPRESSÃO: COMO DIFERENCIAR?”, seguido por Jorge Forbes com o tema “O CONCEITO DA FELICIDADE E O PAPEL DO SOFRIMENTO”.  Para encerrar, os dois palestrantes responderam as perguntas da plateia que foram moderadas pela psiquiatra Fabiana Nery.

 

CONFIRA O VÍDEO COM MELHORES MOMENTOS DO EVENTO

 

TRISTEZA E ALEGRIA TRABALHAM JUNTAS

“Tristeza é uma emoção comum, uma emoção normal.  Além disso é importante experenciar a tristeza, sem ela não conseguimos crescer”, explicou o psiquiatra André Gordilho.

André Gordilho, trouxe conceitos como emoção e humor, que ajudaram a explicar a diferença entre a tristeza e a depressão.  Falou sobre a diferença da depressão como sintoma, síndrome e doença.  Abordou também sobre a necessidade de entender a depressão como uma doença séria que impacta algo em torno de 15% da população mundial, segundo dados da OMS.

Entender que a tristeza e alegria trabalham juntas para formar “memórias mistas”, faz parte do nosso amadurecimento.  “Não vivemos só de alegria, mas, também não vivemos só de tristeza”, encerrou o psiquiatra.

ASSISTA A PALESTRA COMPLETA
SAIBA MAIS SOBRE A DEPRESSÃO
ASSISTA O VÍDEO DA SÉRIE “DESMISTIFICANDO A SAÚDE MENTAL” QUE TRATA SOBRE A DEPRESSÃO

 

UMA INFLAÇÃO DE FELICIDADE

Em sua palestra, Jorge Forbes, analisou a felicidade do ponto de vista da psicanálise e explanou sobre as mudanças no comportamento da nossa sociedade com a “passagem” da modernidade para a pós-modernidade, da Terra 01 para a Terra 02, como classificou o psicanalista.

“Vivemos uma verdadeira inflação de felicidade. Há uma busca atual pela felicidade que é compatível com a mudança dos tempos.  Vivemos nos últimos 30 anos, uma revolução no laço social humano, maior que nos últimos 3 mil anos.

Nós nos organizávamos de uma forma padronizada, hierárquica, vertical, linear.  Onde sabíamos o que era bom e ruim, o que era certo e errado.  Tínhamos mestres, e nos dávamos notas dependendo da proximidade com os padrões estabelecidos.

A pós-modernidade é a quebra da verticalidade.  É a multiplicidade das escolhas.  Por um lado, é a liberdade da espécie humana, por outro lado é um imenso apavoramento.  Hoje em dia, quando temos 10 escolhas a fazer e escolhemos uma, a única certeza que temos é que perdemos 09”, explica Jorge Forbes.

 

O DIÁLOGO ENTRE LINGUAGENS DIFERENTES

O Ciclo de Palestras Holiste realizou em janeiro sua quarta edição.  O evento é promovido pelo Centro de Estudos Holiste e tem como objetivo abordar de forma ampla os desafios da moderna psiquiatria.

“O desafio do nosso ciclo de debate é promover o diálogo entre linguagens diferentes.  O que assistimos hoje foi um médico psiquiatra que busca soluções para problemas, tem uma visão mais pragmática da mente humana, e um psicanalista que faz perguntas que não tem respostas, que propõe desafios especulativos.

Fazer com que essas duas linguagens se encontrem e conversem é um desafio que vivemos no dia a dia da nossa prática psiquiátrica e é o desafio proposto para esse ciclo de debates”, afirmou Luiz Fernando Pedroso, psiquiatra e diretor clínico da Holiste.”

 

CICLO DE PALESTRAS HOLISTE

O evento já contou com palestras do filósofo Luiz Felipe Pondé (Os desafios da Mudança); da pesquisadora Carmita Abdo (Comportamento Sexual); do sociólogo Demétrio Magnoli (Fanatismo religioso); do psiquiatra Luiz Fernando Pedroso (Psiquiatria para Além da Medicina e Radicalismo Político e Transtorno Mental) e da psiquiatra Fabiana Nery (Sofrer por amor: Qual o limite?).

O quinto e último evento acontece em março com o historiador Leandro Karnal falando sobre “Ética e Corrupção” e a psiquiatra Fabiana Nery, debatendo os “Dilemas da Ética na Psiquiatria”.

Comentários

Inscreva-se para receber conteúdo sobre Psiquiatria e Saúde Mental

Cadastrar